CARRO CONTROLADO PELO CÉREBRO

Sensores interpretam os comandos do cérebro e permitem controlar o veículo

O objetivo é que pessoas com deficiência física sejam beneficiadas com a invenção.

A indústria automobilística tem investido forte em projetos de carros autônomos, que se deslocam sozinhos. Mas uma equipe de pesquisadores da Universidade de Nankai, na China, criou um método diferente para a condução de veículos. Trata-se de um protótipo capaz de se movimentar a partir de sinais do cérebro humano.

Para conduzir o carro, o motorista precisa vestir um capacete sem fio com 16 sensores de eletroencefalograma. Um computador, então, analisa e decifra as informações neurológicas, transformando-as em comandos automotivos. Por enquanto, o sistema é capaz de interpretar comandos para acelerar, dar ré, travar e destravar as portas.

Os sinais do EEG são capturados pelo equipamento e transmitidos por uma conexão sem fio ao computador

Como o projeto ainda está em estágio inicial, o protótipo só é capaz de se deslocar em linha reta, mas os pesquisadores acreditam que, no futuro, a tecnologia permita a realização de curvas.

Duan Feng, engenheiro responsável pela equipe, garante que não há motivos para se preocupar com a possibilidade de motoristas distraídos causarem acidentes ao controlar o veículo com o cérebro. Segundo ele, a invenção interpreta única e exclusivamente comandos para controle do automóvel.

Os pesquisadores chineses esperam que, no futuro, a tecnologia seja útil para motoristas com deficiência física. Por enquanto, ainda não há nenhum plano de lançá-la comercialmente.

Fonte: Cross Content

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *