ENTENDENDO A RADIAÇÃO MÉDICA

Ao se fazer imagem com raios-X, um feixe de raios-X produzido por um chamado tubo de raios-X atravessa o corpo. No seu caminho através do corpo, parte da energia do feixe de raios-X é absorvida. Este processo é descrito como atenuação do feixe . Do outro lado do corpo, detectores ou um filme capturam os raios atenuados resultando numa imagem médica. Na radiografia convencional, uma imagem 2D é produzida. Na Tomografia Computadorizada, o tubo e o detector estão ambos rodando em volta do corpo durante o exame, tal que múltiplas imagens podem ser feitas, resultando em uma visualização 3D.

Os métodos mais comuns de raios-x na imagiologia médica são a radiografia, tomografia computadorizada (CT), mamografia, angiografia e fluoroscopia.

Diferentes órgãos e tecidos possuem uma sensibilidade diferente à radiação. Esse é o porquê do risco variar de acordo com a parte do corpo que está sendo submetida aos raios-X. “Dose efetiva” é o parâmetro da dose absorvida por todo o corpo que leva em conta essas diferentes sensibilidades.

Médicos e fabricantes estão conscientes dos riscos e fazem o possível para minimizar a dose de radiação. Guiado por padrões técnicos que são estabelecidos e continuamente atualizados por conselhos nacionais e internacionais de radiologia, eles tomam cuidado especial durante os exames de raios-X para utilizar a menor dose de radiação possível. Sistemas avançados de raios-X contêm características especiais que auxiliam na redução da dose de radiação. Por exemplo, existem tecnologias desenvolvidas para garantir que aquelas partes do corpo de um paciente que não estão sendo examinadas não recebam ou recebam exposição mínima à radiação.

Radiografia (Raios-X Simples)

 

Raios-X convencional avançaram consideravelmente desde a imagem radiológica mais antiga e, hoje, as técnicas de raios-X digital estão substituindo o filme.

Tomografia Computadorizada (TC)

Aparelhos de Tomografia Computadorizada (CT) produzem imagens detalhadas do corpo. Devido a sua alta resolução, estas imagens podem fornecer informação adicional comparadas à radiografia convencional.

 

 

Mamografia

Mamografia é um método especial que utiliza raios-X para criar imagens detalhadas da mama e é comumente utilizada na varredura para o câncer de mama.

 

 

Angiografia

Angiografia é um tipo especifico de técnica de raios-X para visualizar vasos sanguíneos e órgãos, especificamente o coração, através da injeção de um agente contrastante no sangue, o que aumenta sua visibilidade na imagem.

 

 

Fluoroscopia

A fluoroscopia é um tipo de imagiologia médica que produz uma imagem de raios-X contínua “ao vivo” das estruturas internas de um paciente em um monitor.

Fonte: www.radiacao-medica.com.br
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *