TIJOLO ECOLÓGICO

Carlos Cimino resolveu produzir os tijolos de forma ecológica
O bancário Carlos Cimino criou uma receita de “tijolo ecológico” para construir a própria casa em Sobradinho, no Distrito Federal. Segundo ele, a composição e o formato diferentes do tijolo convencional garantem economia de até 90% no custo unitário da peça e reduzem o gasto com argamassa.
O bancário já fez 3 mil dos 7 mil tijolos que deve utilizar na nova moradia. “Seria muito fácil eu pagar para fazer. Mas o fato de poder chegar um dia e falar para os filhos, para os netos que isso aqui fui eu que fiz, não tem preço”, diz Cimino.


Além do encaixe fácil, permite inserir a tubulação
de energia elétrica ou de hidráulica
Segundo ele, cada lote de 1 mil tijolos custa cerca de R$ 300, dez vezes menos que o modelo comercial. “O que o mundo está precisando hoje é de economia mesmo, de mudar o sistema para a gente tentar melhorar a qualidade de vida da gente.” O projeto recebeu certificação social no Prêmio de Tecnologias Sociais, promovido pela Fundação Banco do Brasil.

Especialista em tecnologias sociais e assessor sênior da Fundação Banco do Brasil, Rogério Miziara elogia a iniciativa. “Não é só o produto, o tijolo ecológico em si. É todo o envolvimento comunitário no seu processo, até o financiamento da própria construção. O objetivo [do prêmio] é dar escala a essas tecnologias sociais, essas soluções.”
Inovação

Para formar os tijolos, Cimino usa terra que foi retirada para as obras do setor Noroeste. O material é peneirado para retirar as impurezas. Em seguida, recebe uma pequena quantidade de cimento convencional, vendido em lojas de material para construção. 

A ideia principal é deixar um legado aos filhos

“No ponto ideal, ela não pode estar muito seca, nem muito molhada. O ideal é que seja formado assim na mão, e que eu solte no chão e ele dissolva”, afirma o bancário. Após a prensagem do material, o tijolo está pronto. A peça não vai ao forno como os tijolos industriais, reduzindo a emissão de poluentes. O formato, com furos posicionados estrategicamente, diminui a necessidade de argamassa e facilita a instalação de canos de água e tubulação elétrica.

Fonte: g1.com.br – 19.03.15

QUEM É O TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES?

O Técnico em Edificações, sob supervisão de engenheiros ou arquitetos é o profissional responsável pela condução técnica de trabalhos de edificação, prestando assistência no estudo e desenvolvimento de projetos, pesquisas e instalações, orientando e coordenando serviços de instalação, manutenção e restauração, fornecendo assistência técnica na compra, venda e utilização de produtos especializados. É capaz de desenvolver estudos preliminares de projetos de edificações, desenhar e interpretar projetos civis, aplicando as normas técnicas e regulamentos de construção e de instalações vigentes, instalar e gerenciar canteiros de obras, elaborar e desenvolver projetos dentro dos limites estabelecidos pelos conselhos regionais e organizar o processo de licenciamento de obras.

A UNIPACS é parceira do PRONATEC e oferece Bolsas nos Cursos Técnicos na unidade de Esteio.

Peça mais informações pelos fones (51) 3473-0178 para Esteio e (51) 3541-2441 para Taquara.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *