7,2 MILHÕES DE TÉCNICOS ATÉ 2015


Mapa aponta oportunidades no mercado brasileiro

Curso técnico pode ser uma grande oportunidade devido ao déficit de profissionais técnicos do mercado nacional. Pesquisa revelou que indústria precisará de 7,2 milhões de técnicos até 2015.
O Mapa do Trabalho Industrial 2012 revelou que o Brasil terá de formar 7,2 milhões de trabalhadores em nível técnico para atuarem em profissões industriais até 2015. Essa necessidade produzirá oportunidades em 177 ocupações diferentes em áreas que abrangem diversas ocupações entre elas supervisores de produção e de indústrias químicas e petroquímicas.
Oportunidades para técnicos nos setores da Indústria
Do total da demanda, 1,1 milhão será por trabalhadores para ingressarem em novas oportunidades no mercado. O restante já está trabalhando e precisa manter-se qualificado para acompanhar os avanços tecnológicos da indústria. “Apenas 6,6% dos brasileiros entre 15 e 19 anos estão em cursos de educação profissional. Na Alemanha, esse índice é de 53%. Nossos jovens precisam ver a formação profissional como uma excelente oportunidade para o mercado de trabalho”, afirma o diretor de Educação e Tecnologia da CNI, Rafael Lucchesi.
Este cenário profissional faz com que os cursos técnicos sejam uma boa oportunidade para quem deseja entrar no mercado de trabalho ou mesmo buscar a ascensão profissional.
Gilian Almeida iniciou a carreira com um curso técnico
“Quanto abrimos uma vaga na Volkswagen procuramos recrutar internamente primeiro, para dar oportunidade aos profissionais que estão buscando qualificação profissional, e muitas vezes sentimos falta do diferencial tanto na formação técnica quanto na comportamental. O técnico é uma boa porta de entrada para quem quer trabalhar na indústria ou mudar de área”, afirma a analista de RH da Volkswagen, Gilian Almeida.
A própria analista já se beneficiou da formação técnica em sua carreira. Ela se formou no curso técnico de eletrônica em 1992, fez estágio em indústria automobilística e depois optou pelo curso superior em relações públicas e pela pós-graduação em marketing e gestão de recursos humanos. “Apesar da guinada que dei na minha carreira, indo atuar em uma área de humanas, o técnico em eletrônica me deu uma excelente base para iniciar e continua me ajudando, pois como sou responsável pela área de treinamentos, tenho que entender um pouco sobre os diversos assuntos da fábrica e me atualizar constantemente”, explica a Gilian, que também é auditora líder da área de meio ambiente.
Professora e Psicóloga Ana Cristina Silva
Carreira sem fronteira é a tendência no mercado de trabalho atual
Segundo Ana Cristina Silva, que é professora, psicóloga e consultora de Recursos Humanos com ampla experiência em empresas de médio e grande porte, profissionais que assim como Gilian começam como técnicos e assumem as “rédeas da carreira” e acabam migrando e se adaptando às necessidades do mercado de trabalho, são os mais desejados pelas empresas no atual cenário. “Estamos falando de indivíduos que são capazes de se reinventar, investir em cursos de aperfeiçoamento que os levem à colocação onde desejam chegar e estão sempre prontos para se adaptar as novas realidades do mercado”, explica.
A análise da demanda feita no Mapa do Trabalho mostra ainda que os profissionais das ocupações operacionais precisam ser polivalentes, com capacidade para desempenhar várias funções. Vem aumentando também a importância de características como visão sistêmica do fluxo produtivo e capacidade de gerenciamento
UNIPACS forma profissionais técnicos há 15 anos
A Escola Profissional Unipacs, com unidades em Esteio e Taquara, disponibiliza oito formações técnicas: Enfermagem, Segurança do Trabalho, Radiologia, Nutrição, Meio Ambiente, Contabilidade Administração e Edificações. Os estudantes egressos destes cursos estao aptos a desenvolver seu potencial em empresas e instituições públicas de vários tamanhos na região. A Escola Unipacs completa quinze anos de atividades em 2014, tendo o reconhecimento da comunidade em geral como destaque na formação de mão de obra especializada na região.
Visite a unidade de Esteio ou de Taquara e se informe a respeito dos Cursos Técnicos disponíveis e das matrículas e mensalidades.
Unipacs (Esteio): Fone (51) 3033-2771
Unipacs (Taquara): Fone (51)3541-7291
Fonte: Agencia de Imprensa: acesso em 07.01.14
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *