SEGURANÇA NA PRÁTICA

Comissão Eleitoral
Que a sala de aula é lugar para estudar e aprender, disso ninguém tem dúvida. Mas também, que ela sirva como laboratório para se aprender na prática tudo aquilo desenvolvido teoricamente, isso lá é plenamente possível. Utilizar a sala de aula para aprender como se faz uma Eleição da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) foi o que o Professor Jairo Brasil, do curso técnico em segurança do trabalho da unidade de Esteio, fez na terça-feira, dia 20 de maio. Na semana anterior, os alunos e alunas da Turma 3S13 participaram de um seminário que tratou da norma regulamentadora número 05, onde eles puderam tomar conhecimento de toda a rotina da Comissão. Ao final da aula, o professor Jairo escolheu alunos e alunas para compor a Comissão Eleitoral, responsável pelo processo de “escrutínio secreto” a ser realizado na semana posterior.

Candidatos a membros da CIPA
Liderada pelas alunas Adriana Abelin e Claudia Ribas, a Comissão Eleitoral, que também tinha o Vanderson e o Fábio como componentes, preparou todo o cenário da sala de aula da Turma 3S13. Trouxe a Cabina de Votação, a urna para depositar os votos, as cédulas preenchidas com os nomes dos candidatos e os comprovantes de inscrição para documentar a estabilidade de emprego.
Logo após o intervalo da noite, o processo foi iniciado. Os alunos eleitores formaram fila para apresentarem o documento de identidade e assinarem a Lista de Presença dos votantes. A seguir, cada eleitor pode escolher seu candidato e acenar para as fotos.
Alunos participaram do Processo Eleitoral
Encerrada a votação, teve início a apuração dos votos, tendo a Comissão Eleitoral escolhido os alunos Bruno e Davi para testemunharem a contagem dos votos. Efetuada a contagem, o resultado para representar os Trabalhadores foi: membros Titulares, Luciano e Camila; e membros Suplentes, Norton e Miriam. Para representar o Empregador, o Professor Jairo escolheu como membros Titulares, Luciana e Vanderli; e membros Suplentes, Gabriela e Bruno.
Após a escolha e os resultados, a CIPA foi montada com suas representações, gerando os documentos necessários. Desta forma foram elaboradas a Ata de Eleição e Apuração, a Ata de Posse e o Calendário Anual das Reuniões Ordinárias.
Comissão preparada para a Posse
Depois desta atividade, alunos e alunas puderam experimentar os aspectos e características mais significativas do processo eleitoral desta que é, sem dúvida, a norma regulamentadora que expressa muito bem o espírito democrático. Na CIPA estão representados os interesses das duas representações, tanto dos trabalhadores quanto do empregador. Além do aprendizado da ciência prevencionista, também se comprova aqui um exercício de cidadania.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *